O que estou fazendo com a minha vida?


Essa vida que levamos

A vida que levamos é uma vida que escolhemos ou uma vida que nos leva?

Preenchemos nossos dias com afazeres, nos mantemos o tempo todo ocupados e nos resta pouco tempo para perceber o que estamos vivendo.

Estamos nos acostumando cada vez mais nos encher de atividades e não nos sobre tempo para perceber sobre o que estamos vivendo, ou para qual direção estamos indo.

Não paramos para nos perceber e nem sempre damos importância ao que sentimos. Nos perdemos nas atividades que nos comprometemos e não olhamos para o que realmente queremos fazer.

Seguimos nossas vidas tal como nos ensinaram, correspondemos ao que as pessoas esperam de nós, e assim nos distanciamos de nós mesmos, de perceber o que para nós é realmente importante, do que nos faz sentido.

Para retomar o contato com nós mesmos é preciso uma parada e um certo distanciamento dessa vida que estamos levando, para retomar nossas reais buscas.

Quando paramos e nos distanciamos um pouco da vida que estamos levando, podemos perceber melhor o que estamos fazendo com nós mesmos e rever as nossas escolhas.

Com o tempo e o exercício, vamos percebendo melhor o que nos faz sentir bem e o que não nos faz sentir bem, o que queremos e o que não queremos para a nossa vida.

Além disso, também vamos percebendo melhor como agimos e reagimos, para onde nos levaram os caminhos que fizemos e quais caminhos podemos fazer para ir em busca do que realmente queremos…

“A vida é aquilo que acontece enquanto você está fazendo outros planos.”
(John Lennon)

Bruno Carrasco

Bruno Carrasco

Psicoterapeuta que valoriza cada pessoa em seu modo de ser singular, promovendo seu autoconhecimento e sua autonomia para lidar com as dificuldades que atravessa, ampliando suas possibilidades de ser e de escolher sua vida. >Mais
Bruno Carrasco

Últimos posts por Bruno Carrasco (exibir todos)